Receber uma ligação da diretoria no fim do dia numa sexta-feira não parece ser um bom presságio. Especialmente quando se é a principal liderança de tecnologia de uma das maiores empresas de transmissão de energia do país. Os resultados desse papo foram inesperados e tem toda relação com inovação, conta o CIO da Taesa, Alessandro Fernandes.

O primeiro resultado foi a criação de um aplicativo para acompanhar a saúde dos funcionários em meio à pandemia do novo coronavírus. Meses depois, o case seria premiado em As 100+ Inovadoras no Uso de TI na categoria Utilities (veja a lista completa de vencedores) e figura na 23º colocação no ranking geral do prêmio.

Inovação aberta e agilidade
A ideia que norteou o projeto foi de monitoramento proativo. “Com isso, você evitaria o contágio e poderia apoiar de forma mais efetiva os colaboradores”, explica Alessandro Fernandes, da Taesa.

Em entrevista ao IT Forum 365, o CIO relembra que um dos principais desafios foi entregar o projeto com o timing adequado. Caso contrário, seria praticamente impossível monitorar o contágio. Em questão de um fim de semana, o time já tinha uma proposta de protótipo que foi colocada em produção.

Para isso, foi essencial trabalhar com entregas rápidas. O executivo ressalta o fato de que a Taesa incentiva o desenvolvimento de novas ideias. “Às vezes, esses insights surgem e a gente tem que estar preparado para conseguir atender com agilidade essas ideias porque trazem diferenciais para a companhia, para saúde dos colaboradores e continuidade do negócio”, explica o executivo premiado em As 100+ Inovadoras no Uso de TI.

Ou seja, nas palavras do próprio Fernandes: “a tecnologia tem que ser protagonista, andar lado a lado com o negócio, agregando valor e trazendo diferencial para a empresa”.

Banco de ideias
Outra preocupação do time era minimizar os efeitos da pandemia na companhia — uma atividade essencial — em pelo menos 30%. Assim, o aplicativo Taesa Saúde tinha como foco monitorar, ao menos, 80% do time da Taesa e 50% dos familiares (métrica que também incluía pessoas que moravam na mesma residência, mesmo sem parentesco).

A solução também previa o controle de acesso dos funcionários ao escritório da Taesa e acompanhamento das equipes em tempo real. Metas estabelecidas e cumpridas. O objetivo foi alcançado com folga em alguns quesitos, segundo o líder de tecnologia e inovação da Taesa. O monitoramento chegou ao 98% dos funcionários e 76% dos familiares.

O executivo divide os méritos com o time de desenvolvimento e lembra do papel do comitê de inovação da empresa. Multidisciplinar, o grupo fica responsável por tornar realidade cada nova ideia promissora. A iniciativa do app veio, “por um acaso” de cima, mas Fernandes aponta que a área está aberta para todo tipo de indicações.

Todas as semanas, o grupo é responsável por avaliar um banco de ideias que surgem de todos os cantos: colaboradores, terceirizados, parceiros, dentre outros. As sugestões que trazem maior valor agregado ou eficiência operacional são priorizadas no budget, conta o CIO da Taesa.

Saúde e segurança do trabalho​
Alessandro Fernandes conta que o aplicativo evoluiu de um MVP para uma solução cada vez mais completa em questão de poucas semanas. Atualmente, o app possuiu uma solução específica para os centros de operações da empresa, um canal de dúvidas frequentes. Além disso, existe até mesmo uma espécie de “botão de emergência” para que os funcionários entrem em contato com o plano de saúde. Por fim, a plataforma faz o controle de acesso na retomada dos escritórios.

Dentre os resultados elencados pela marca estão a sensação de cuidado, informação e bem-estar dos colaboradores. “Mostrando que a empresa estava junto no combate à pandemia”, indica o case de inovação da Taesa. Ou seja, nesse caso, a inovação segue a serviço de manter as pessoas saudáveis. A companhia informa que não perdeu nenhum colaborador até aqui. O que, por si só, já é um grande motivo de celebração.

 

Finalistas na Categoria Utilities
1º – Alessandro Fernandes – CIO, Taesa
2º – Dario Almeida – Gerente Executivo de Arquitetura de Sistemas, CCEE
3º – Cesar Ischida – Head de TI e Digital, Votorantim Energia

 

Fonte: IT Fórum 365

IMPRESSÃO DE BOLETOS
INFORME O CÓDIGO DA ONS: